A Xerpa usa os dados das últimas férias que seus colaboradores tiraram para calcular quando terão que tirar as próximas férias. Por isso, antes de começar, tenha os seguintes dados em mãos de todos os seus colaboradores:

  1. Data de Admissão
  2. Período aquisitivo das últimas férias gozadas
  3. Período de gozo das últimas férias
  4. Saldo restante de férias

Tendo isso em mãos, entre na opção Férias, depois clique em Fila de Férias e selecione a opção Tratar o histórico. 


Primeiro, você terá que organizar todas as Datas de Admissão. Caso falte alguma, você precisará adicionar elas aqui:

Depois, você vai precisar dizer se houve férias coletivas nos últimos 12 meses e qual foi a data dela. Esse tipo de férias tem contagem dos períodos feita de maneira diferente e por isso é importante anotar corretamente.

Feito isso, você precisará adicionar as férias que já foram gozadas e seus respectivos períodos aquisitivos. Você precisará fazer isso só para as últimas férias, que o resto é calculado automaticamente. 

Também é importante adicionar o saldo de férias que sobrou. Se a pessoa nunca tirou férias, basta marcar que não tirou.


Por último, uma dica importante: como ausências e licenças prolongadas afetam o cálculo, você precisará começar a colocá-las corretamente na Xerpa.

E... pronto! Agora a sua fila de férias está completa e você já pode conferir quando quiser para saber quem precisa urgentemente tirar férias!

Encontrou sua resposta?